Combo Leve 5 Pague 4 Quadros | Loja do AstroTubers

Código: ASTKITQUA Marca:
12x de R$ 14,67
R$ 159,96 R$ 149,99
Comprar Disponibilidade: Imediata Aproveite! Restam apenas 2 unidades
    • 1x de R$ 149,99 sem juros
    • 2x de R$ 76,78
    • 3x de R$ 52,38
    • 4x de R$ 40,18
    • 5x de R$ 32,69
    • 6x de R$ 27,62
    • 7x de R$ 23,96
    • 8x de R$ 21,08
    • 9x de R$ 18,87
    • 10x de R$ 17,19
    • 11x de R$ 15,81
    • 12x de R$ 14,67
    • 1x de R$ 149,99 sem juros
    • 2x de R$ 76,78
    • 3x de R$ 52,38
    • 4x de R$ 40,18
    • 5x de R$ 32,69
    • 6x de R$ 27,62
    • 7x de R$ 23,96
    • 8x de R$ 21,08
    • 9x de R$ 18,87
    • 10x de R$ 17,19
    • 11x de R$ 15,81
    • 12x de R$ 14,67
  • R$ 149,99 Boleto Bancário
* Este prazo de entrega está considerando a disponibilidade do produto + prazo de entrega.

Leve os 5 super quadros da Loja do AstroTubers na Vestiverso por um preço especial! A Vestiverso possui frete grátis a partir de R$ 159 em compras! Consulte as políticas no rodapé do site e adicione uma astrocamiseta ou máscara para obter seu frete grátis também!

Nebulosa Helix:
 Este objeto, chamado Nebulosa Hélix, também conhecido como Nebulosa da Hélice, ou apenas Hélix, fica há 700 anos-luz de distância, na constelação de Aquário. Também conhecido pelo número de catálogo NGC 7293, é um exemplo típico de uma classe de objetos chamados nebulosas planetárias. Descobertas no século 18, essas obras de arte cósmicas foram erroneamente nomeadas por sua semelhança com planetas gigantes gasosos. Descubra mais na cartinha que acompanha este quadro, escrita pelo AstroTuber Pedro Pinheiro!

Via Láctea:
A nossa galáxia. A Via Láctea, além do nosso Sol, é lar de mais outras cerca de 250 bilhões de estrelas, cada uma possivelmente com seu(s) planeta(s). Até meados da década de 1920, para a humanidade, este era o Universo. Só depois da descoberta do astrônomo Edwin Hubble que a humanidade entendeu que na verdade haviam outras galáxias além da nossa. Atualmente, estimativas apontam para a existência de cerca de outras 1 trilhão de galáxias no Universo Observável. Descubra mais na cartinha exclusiva que acompanha este quadro, escrita pela AstroTuber Karol Garcia!

Júpiter: 
Esta imagem da região giratória do pólo sul de Júpiter foi capturada pela espaçonave Juno da NASA enquanto se aproximava da conclusão de seu décimo sobrevoo do planeta gigante gasoso.

O espaço "vazio" acima e abaixo de Júpiter nesta imagem colorida pode enganar a mente, fazendo com que o observador perceba o maior planeta do nosso sistema solar como menos colossal do que é. Na realidade, Júpiter tem um diâmetro 11x maior que o da Terra.

A espaçonave capturou esta imagem em dezembro de 2017, quando estava a cerca de 104.446 quilômetros do topo das nuvens do planeta a uma latitude de 83,9 graus sul - quase diretamente sobre o pólo sul de Júpiter, que exibe esta bela cor azul.

Descubra mais sobre na cartinha exclusiva que acompanha este quadro, escrita pela AstroTuber Aline Novais!

Pilares da Criação:
Esses tentáculos altíssimos de poeira e gás cósmico ficam no coração da Nebulosa da Águia (M16) e são conhecidos como "Pilares da Criação". Os apropriadamente denominados Pilares da Criação, apresentados nesta impressionante imagem do Hubble, fazem parte de uma região ativa de formação de estrelas na nebulosa e ocultam estrelas recém-nascidas em suas colunas finas. Descubra ainda mais sobre na cartinha exclusiva que acompanha este quadro, escrita pelo AstroTuber Pedro Pinheiro.

Rosa de Galáxias:
Para celebrar o 21º aniversário do Telescópio Espacial Hubble no espaço, os astrônomos do Instituto de Ciência do Telescópio Espacial em Baltimore, apontaram o Hubble para um par especialmente fotogênico de galáxias interagindo chamado Arp 273. A maior das galáxias espirais, conhecida como UGC 1810, tem um disco que é distorcido em uma forma de rosa pela atração gravitacional da galáxia companheira abaixo dele, conhecido como UGC 1813. Esta imagem é uma composição de dados da Hubble Wide Field Camera 3 obtidos em 17 de dezembro, 2010, com três filtros separados que permitem uma ampla faixa de comprimentos de onda cobrindo as porções ultravioleta, azul e vermelha do espectro.

O Hubble foi lançado em 24 de abril de 1990, a bordo da missão STS-31 do Discovery. As descobertas do Hubble revolucionaram quase todas as áreas da pesquisa astronômica atual, da ciência planetária à cosmologia.

Descubra mais sobre na cartinha exclusiva que acompanha este quadro, escrita pela AstroTuber Roberta Razera.

 


Características dos produtos:

- 30x20 cm, MDF de 6 mm com impressão em vinil com verniz;
- Possui adesivo forte atrás caso queira grudar em algum lugar;
- Produto 100% brasileiro.

*Moldura da 1ª imagem não inclusa.

 

Temos Frete Grátis para todo o Brasil mediante condições, consulte-as na nossa Política de Frete (clique aqui). Seu produto não está em estoque? Insira seu e-mail no "Avise-me quando chegar" e/ou informe o nosso suporte que buscaremos produzí-la. Tem um pedido para fora do Brasil? Acione o nosso suporte:

Suporte e-mail: vestiverso@gmail.com
Suporte WhatsApp: +55 (84) 98134-0769 https://wa.me/5584981340769                   

 

Créditos das imagens: ESO; NASA/JPL-Caltech/SwRI/MSSS/Gerald Eichstädt; NASA, ESA e o Hubble Heritage Team (STScI/AURA); NASA, ESA e o Hubble Heritage team (STScI/AURA).
Licença Creative Commons 4.0.

Produtos relacionados

12x de R$ 14,67
R$ 159,96 R$ 149,99
Comprar Disponibilidade: Imediata Aproveite! Restam apenas 2 unidades
Pague com
  • Mercado Pago
  • Mercado Pago
Selos
  • Protegido por SSL GoCache
  • Site Seguro

PEDRO PINHEIRO CABRAL 07812743462 - CNPJ: 34.956.869/0001-26 © Todos os direitos reservados. 2020